com pão de queijo!

:}

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Eu queria uma boa explicação pras coisas que minha mente pensa e meu coração sente. Tem horas que penso algo, mas meu coração não se manifesta aí eu sei que é coisa da minha cabeça, mas e quando eu penso e meu coração super se manifesta, eu me preocupo, de verdade. Coração para os mais estudiosos não passa de uma bomba, que bombeia o sangue sem parar para irrigar nossos tecidos. Mas eu não sei, porquê que ele se comporta diferente em diferentes ocasiões. Ok, dependendo da situação libera adrenalina que dispara o coração, mais eu não me refiro somente à adrenalina, e sim a tudo qe somado ao coração se permite sentir.
Como quando você me vê, quando vê algo que imediatamente lembra a mim, por mínimo que seja, aí você pensa " ela faz isso, ela ri disso .." e fica com aquela cara de paisagem olhando fixo pro nada sem pensar em nada além de mim. É essa sensação de mente e coração que me refiro. E sei que não é nada diferente do que eu penso, pois o mesmo acontece aqui.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Game Over

As pessoas dizem que não queriam te magoar, não queriam te ver chorar mas elas não param pra pensar 2 vezes antes de fazer algo que por mais insignificante que seja para essa pessoa, pra você, que realmente se importava muito com ela, dói e dói demais. Uma dor que corrói por dentro, uma dor vazia e amarga. Dói.
Há coisas na vida que precisamos lembrar e sempre esquecemos e tem coisas que precisamos esquecer e sempre lembramos. Um lugar, uma música, uma foto, um cheiro, uma roupa, uma banda... Tudo sempre faz lembrar e parece que quando você luta para esquecer esses detalhes mínimos se tornam gritantes, chamam sua atenção como nunca. E trazem lembranças boas e por melhor que seja cultivar o que foi bom e esquecer o que de ruim passou, essas boas lembranças doem pois você vai sorrir, sentindo uma mistura de saudade e uma dor de não ter mais o motivo dessas lembranças em suas mãos. Logo esse sorriso é substituído por lágrimas, muitas lágrimas. Ao enxugá-las você pensa em uma justificativa pro seu coração, algo que o faça se conformar. É fácil ouvir " bola pra frente, não vale a pena, acontece" mas vai, faz meu coração entender.
O pior é ter que sufocar, matar um sentimento pois se não o fizer, isso acabará te matando. Fazê-lo se transformar em qualquer coisa, qualquer sentimento "menos forte".
E quando um dos lados o amor some? Dói porquê você pensa o que é que foi que você fez, ou o que deixou de fazer para que cesasse do outro lado. Você se lembra de coisas, palavras as quais não devia ter dito ou ações que não devia ter tido, bate um arrependimento, quem sabe não seria diferente hoje?
Esse fim machucou, como eu nunca pensei que machucaria. Respiro fundo, sinto um vazio sem explicação, meu coração já bate de outra forma, ele bate muitas vezes porque está em muitos pedaços. Sim o tempo é um remédio, e vai passar e tudo se tornar uma lembrança, algo que vou contar pros meus netos, não vai me matar. A vida continua e eu vou continuar com ela, com ou sem você.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Obra de Arte

Há sentimentos que são sublimes, como uma linha de um quadro de um bom artista. Há sentimentos que não se explicam, a sensação de olhar pro lado, se sentir completo. Tudo o que você sonhava, está ali do seu lado.

Poucos sabem a sorte de no meio de milhões de pessoas no mundo, algumas pessoas boas outras más, nesse mundo que não se sabe em quem confiar, e o medo de dar-se por inteiro e receber fracionado. A sorte de encontrar alguém especial, que faça seu dia mais feliz pelo simples fato de que você pensa nela e logo se estampa um sorriso em seu rosto. Uma pessoa com quem as risadas sejam sempre mais gostozas, os abraços os mais carinhosos e fortes, os carinhos únicos, os momentos valiosos, os beijos mais verdadeiros... alguém que você sabe, sente que sempre vai estar segurando sua mão pra tudo. Alguém que é amigo, é namorado, é fortaleza é tudo. Tão sublime quando o tempo passa e se há alguma mudança, é o sentimento que aumenta. Hoje eu posso dizer, que o que trago no peito é um amor que ninguém teve o privilégio de receber, somente uma pessoa.

Um sentimento inocente, repentino e forte. Não sei mais o que dizer, além de um verdadeiro: EU AMO, MUITO, VOCÊ !

domingo, 7 de agosto de 2011

domingo, 24 de julho de 2011

amar não é pecado ♫

Como explicar um sentimento, eu fico pensando. E eu tenho a resposta, apenas sinta. Sim sentir, e melhor demonstrar às pessoas. Se ama alguém, diga pra essa pessoa quantas vezes for preciso, o quanto quaanto ela é super importante pra você, o que ela representa pra você, o quanto você fica feliz ao vê-la sorrir, como suas pernas ficam bambas com AQUELE melhor beijo, que com certeza só essa pessoa é capaz de beijar. Como você sente necessidade, vontade de cuidar dessa pessoa, querer somente o melhor pra ela, como você se sente amado quando ganha um beijo na testa *-* Como é o amor, passamos a nos importas mais com o outro, querer que cada momento dure pra sempre, porque a despedida dói, como a idéia de não ter ela em sua vida chega a doer de pensar, pois querendo ou não, quem ama precisa muito da pessoa pra viver, viver sem até consegue, mais não valeria a pena. Fazer a gente sentir ciúme e vontade de pular no pescoço de todas as 'vacas' que tentam se aproximar, mais ter o doce prazer de dizer " ele me ama :) " .
O amor é sublime, é sensacional. Você pode ter o pior dia, mais você sabe que tem apenas uma pessoa, que com apenas um gesto, faz o dia inteirinho valer a pena. Saber que o simples fato de eu existir é importante para alguém, me revigora a alma, me faz cantar. Estou amando, o amor que nem cabe em mim, o amor que exala dos meus pensamentos, em minhas palavras. É muito bom ter alguém pra sorrir e cantar com você, fazer você deitar , sonhar e acordar, sempre com uma coisa no pensamento : você. sz

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Nem que custe o gato

Eu queria desabafar sobre mim, pra mim. Procurar em meio de tanta confusão em minha cabeça uma explicação, um porquê para esse enorme ponto de interrogação na minha cara. Eu sou daquelas pessoas que idealiza um momento, TUDO, de A a Z o momento, as vezes eu tenho uma idéia, penso tanto nela que acaba acontecendo, uma parcela pelo menos, mais a energia que eu me disponho a idealizar, acaba sendo transmitida ao momento. Eu sou perfeccionista, comigo mesma. Eu tenho uma necessidade de exigir o melhor de mim, não me contento com meu mínimo, as vezes. Sonhar? Sim, eu sonho. Realizar? Na medida do possível. Eu sempre achei que muitas coisas iam fluir se outras coisas fossem reias, eu acho que minha teoria estava certa. Eu odeio errar, errar com as pessoas e errar comigo, eu não me permito isso, e sei que é errado de minha parte, pois os erros são aprendizagem, e se eu não me permito errar consequentemente não me permito um aprendizado, e afinal? Como irei crescer? Pois antes dessa minha mania de querer não errar, eu sou humana, e oras humanos erram! Constantemente, consequentemente, inconscientemente... e eu não sei aceitar essa idéia, talvez não sei conviver com as consequências, as reais e as que eu imagino. Eu acredito que a nossa imaginação tem grande influência sobre nossos atos, ações, reações. Positivismo, ajuda muito e negativismo, atrapalha , e muito! Eu sou uma pessoa que constrói metas, que faz listinha de compra, que faz listinha de desejos a serem realizados até o próximo ano, sou dessas pessoas que vive o presente, pensando no futuro. E quando esse futuro chega se contenta ao ver que superou as expectativas. Eu sou dessas pessoas que ainda se surpreendem com um sms no meio do dia dizendo uma palavra bonita, eu sou dessas pessoas que acreditam em finais felizes e que o bem sempre vencerá. Sou uma pessoa que se irrita com o que não me agrada muito, sou ciumenta, sou emoção, sou razão, cuidadosa e vaidosa. Estudiosa muito pouco, mas inteligente. Sou afetiva, cativante e cativada, eu sou apegada, pegajosa e grudenta. Sou grossa, educada, delicada e sutil. Falo palavrão, tenho uma pitada de malícia. Mais sei dizer coisas bonitas e ser romântica como ninguém. Eu choro, eu converso com meus botões, eu canto eu dou risada (sozinha as vezes). Eu dou valor pra valores, gestos e sorrisos, valorizo lembranças que trago no peito, eu retribuo comportamentos, eu retribuo sentimentos e duplico os desejos que me são desejados. Eu tento usar a razão pra explicar emoção, tento usar emoção pra buscar uma razão. Sou errada, sou certa, duvidosa e escandalosa. Buscar uma autoimagem talvez não seja a saída pra me entender, talvez mudar não seja a saída. Apenas aceitar, aceitar meus erros e meus defeitos, pois como me disseram qualquer idiota sabe amar qualidades, mais amar e aceitar os defeitos, aí sim não é pra qualquer um. Não me refiro a defeitos e qualidades alheias, mais as nossas próprias. Antes, me amar e depois ser amado.
Eu sei que tenho sorte, eu sei que não tenho motivos pra reclamar. Eu tenho tudo que preciso pra viver, tenho fé, esperança e amor, amor do meu pai, minha mãe, meu irmão, meu cachorrinho, amor do meu namorado, amor dos meus amigos, tenho o respeito dos meus colegas, e chances da vida. Chances que aparecem com o tempo, do nada, quando menos se espera. Eu entendo sinais, me confundo com sinais, e peço sinais. Eu sei sonhar, tento realizar, eu amo o bom humor, eu amo o amor, a vida e tudo que é incluso. Talvez meu medo de errar seja medo da consequência do erro, medo de magoar alguém, de me enganar. Sei que não posso agradar a todos, e nem tenho o dever. Mais o simples fato de eu me esforçar acho que é algo grande a ser considerado, talvez eu exija muito de mim. Mais aí é só mais uma meta, tentar fazer os outros felizes, e antes de tudo, ser feliz nem que custe o gato!
02:02

sábado, 4 de junho de 2011

you

Não sei explicar o quanto eu estou feliz. Não sei explicar porque me vem mil palavras doces quando penso em você, se tudo poderia ser explicado com um gesto, um abraço, um olhar, um beijo... *-*
Ouvir músicas que fazem sentido, que cada melodia traz uma lembrança boa, me faz lembrar do teu sorriso, do teu jeito, de como você é, do que você é pra mim. Sentir um cheiro, que logo me traz sua imagem no pensamento, ver horas e minutos iguais e pensar ' será que pensou em mim?'. Ver o filme romântico mais lindo, e chorar, por saber que tem alguém tão lindo na vida, como o filme mostrava. Cada vez que o vejo, a despedida dói, a vontade de ficar sempre, o tempo todo ao seu lado só aumenta. É cedo? azar, meu coração ta dizendo cada palavra que escrevo, cada sentimento. Cada pessoa sabe bem o que se passa dentro de si mesma. Eu sei o que foi que passou aqui, há muito tempo se passa.
Me explica, me ensina, como você faz. Como consegue esse efeito. É eu to boba, por você, você você e você :)